Home DEFINIÇÃO MUSCULAR  8 tipos de flexões para fortalecer e definir

 8 tipos de flexões para fortalecer e definir

537
0
Se você está procurando por um exercício para definir os membros superiores, há alguns tipos de flexões de braços que podem te ajudar, trabalhando todos esses músculos e queimando muitas calorias ao mesmo tempo. O mais interessante desse exercício é que você pode realizá-lo em qualquer lugar e sem o auxílio de acessórios. Quer saber mais como fazer flexão do jeito certo, os tipos de exercícios que você pode fazer e os benefícios? Continue acompanhando este conteúdo! Quais músculos a flexão trabalha? A flexão utiliza as articulações dos ombros, dos cotovelos e dos punhos para realizar os movimentos de subida e descida. E trabalha diferentes grupos musculares de uma única vez, como o peitoral, tríceps, deltoide, lombar e até o core. Por isso, melhora a circulação sanguínea e fortalece o coração, já que ele precisa trabalhar mais para bombear mais sangue. Isso também acelera o metabolismo, o que contribui para o emagrecimento. Flexões de braço: tipos para iniciantes e experientes 3 tipos de flexões para iniciantes Se você quer saber como fazer flexão para iniciantes, saiba que há algumas variações da flexão tradicional que vão facilitar a execução do exercício. A flexão de braços com os joelhos apoiados oferece menos dificuldade para os praticantes. Como esse exercício sustenta uma área menor do corpo, os músculos precisam realizar menos força. Você deve se deitar de bruços, assim como uma flexão tradicional, contudo, deve flexionar os joelhos e cruzá-los. Lembre-se de ao executar o exercício, os membros inferiores devem acompanhar o movimento, você não deve mantê-los estáticos. A flexão (empurrão) na parede também é outra variação bem fácil de realizar, inclusive para quem sofreu uma lesão recentemente e precisa pegar mais leve na academia. Para realizá-lo, você deve manter uma distância da parede, para que os braços fiquem totalmente esticados. Mas precisa manter as pernas ligeiramente mais afastadas, para que o corpo fique bem inclinado ao dobrar os braços. Se você sentir que está muito leve, pode realizar a flexão inclinada, com os braços apoiados em uma cadeira ou no braço do sofá. Assim, a gravidade vai ter uma ação maior no seu corpo e você precisará realizar mais esforço. Leia mais: Treino funcional para iniciantes 5 tipos de flexões avançadas A flexão de braço tradicional oferece um nível de dificuldade intermediário. Você precisa ter força nos músculos para sustentar todo o corpo, manter o abdômen contraído e o tronco reto, tudo ao mesmo tempo. E as pernas também devem estar alinhadas com o quadril. Se você quer aumentar mais o nível de dificuldade, pode experimentar a flexão de braço batendo palma. Após estender totalmente os braços, bata as palmas no ar e retorne à posição original, sem jogar o corpo no chão. Na subida, você pode dar um pequeno impulso para cima, mas sempre mantendo as costas retas, se você achar melhor. A flexão de braço com joelho (ou cotovelos) ajuda a fortalecer a região abdominal. Para executá-la, você deve encostar um dos joelhos com o cotovelo do mesmo lado. A cada descida, deve trocar o lado dos joelhos e cotovelos que vão se encostar. Para trabalhar mais o peitoral, você pode realizar a flexão com braços abertos. Você deve posicionar as mãos bem mais afastadas do que a largura dos ombros, para não utilizar os tríceps. A flexão de um braço só vai trabalhar os músculos mais intensamente, já que você vai ter menos um ponto de apoio para suportar o peso do corpo. Por isso, você precisa manter as pernas mais afastadas do que o usual, para distribuir melhor o peso e ter mais equilíbrio. Veja também: Treino de ombro Como fazer flexão corretamente? Na flexão tradicional, e em outras que a utilizam como posição inicial, você precisa posicionar as mãos um pouco mais afastadas do que a largura dos ombros e manter apenas as pontas dos pés no chão. Ao esticar os braços, você manter o tronco reto, sem empinar o bumbum ou levantar primeiro a parte superior do corpo. Na descida, ao flexionar os cotovelos, continue mantendo o tronco alinhado, para não encostar com a barriga primeiro no chão. Lembre-se de manter o abdômen contraído o tempo todo e a cabeça para baixo. Quantas flexões devo fazer por dia para ganhar massa muscular? Mesmo que seu objetivo não seja a definição muscular ou você não goste desse exercício, esses tipos de flexões de braços podem melhorar seu condicionamento físico e o desempenho em outros exercícios. Principalmente naqueles que exigem força dos membros superiores e do abdômen. Dessa forma, se incluir ao menos um tipo de flexão na sua rotina de treino já conseguirá perceber um bom resultado. Então, se você sente que ainda não tem força para realizar muitos exercícios, pode fazer apenas uma série, com até 12 repetições. Mas se você já realiza algum dos tipos de flexões que citamos, pode incluir mais variações na sua rotina, respeitando o descanso dos grupos musculares. Afinal, para ganhar massa muscular, você precisa respeitar os 4 pilares da hipertrofia: Enfim, para aumentar a intensidade do exercício, você pode aumentar para 4 séries de 20 repetições. Quando você precisar aumentar a dificuldade, também pode diminuir a velocidade das flexões, assim como nas pausas dos movimentos, e do descanso entre as séries. Mas lembre-se que o ideal é que um educador físico aumente a quantidade de séries, repetições ou frequência na semana, para que você não sofra com uma lesão muscular por esforço excessivo. Aqui na Cia Athletica, nossa equipe de profissionais está à disposição dos alunos em todo o horário de funcionamento das unidades, para auxiliar em qualquer dificuldade que tenham e garantir que estejam realizando seu treino corretamente. É por isso que realizam treinos constantemente, para oferecer a você um atendimento seguro e correto. Agora que você aprendeu sobre os diferentes tipos de flexões, que tal agendar uma aula experimental na Cia Athletica, para que nossos profissionais montem o treino ideal para você? Clique aqui e dê o primeiro passo para ter um estilo de vida mais saudável! Inserir formulário definição muscular

Se você está procurando por um exercício para definir os membros superiores, há alguns tipos de flexões de braços que podem te ajudar, trabalhando todos esses músculos e queimando muitas calorias ao mesmo tempo.

O mais interessante desse exercício é que você pode realizá-lo em qualquer lugar e sem o auxílio de acessórios. 

Quer saber mais como fazer flexão do jeito certo, os tipos de exercícios que você pode fazer e os benefícios? Continue acompanhando este conteúdo!

Quais músculos a flexão trabalha?

A flexão utiliza as articulações dos ombros, dos cotovelos e dos punhos para realizar os movimentos de subida e descida. E trabalha diferentes grupos musculares de uma única vez, como o peitoral, tríceps, deltoide, lombar e até o core. 

Por isso, melhora a circulação sanguínea e fortalece o coração, já que ele precisa trabalhar mais para bombear mais sangue. Isso também acelera o metabolismo, o que contribui para o emagrecimento.

Flexões de braço: tipos para iniciantes e experientes

3 tipos de flexões para iniciantes

Se você quer saber como fazer flexão para iniciantes, saiba que há algumas variações da flexão tradicional que vão facilitar a execução do exercício.

3 tipos de flexões para iniciantes
Se você quer saber como fazer flexão para iniciantes, saiba que há algumas variações da flexão tradicional que vão facilitar a execução do exercício.
A flexão de braços com os joelhos apoiados oferece menos dificuldade para os praticantes. Como esse exercício sustenta uma área menor do corpo, os músculos precisam realizar menos força.
Você deve se deitar de bruços, assim como uma flexão tradicional, contudo, deve flexionar os joelhos e cruzá-los. Lembre-se de ao executar o exercício, os membros inferiores devem acompanhar o movimento, você não deve mantê-los estáticos.
A flexão (empurrão) na parede também é outra variação bem fácil de realizar, inclusive para quem sofreu uma lesão recentemente e precisa pegar mais leve na academia. 
Para realizá-lo, você deve manter uma distância da parede, para que os braços fiquem totalmente esticados. Mas precisa manter as pernas ligeiramente mais afastadas, para que o corpo fique bem inclinado ao dobrar os braços.
Se você sentir que está muito leve, pode realizar a flexão inclinada, com os braços apoiados em uma cadeira ou no braço do sofá. Assim, a gravidade vai ter uma ação maior no seu corpo e você precisará realizar mais esforço.

A flexão de braços com os joelhos apoiados oferece menos dificuldade para os praticantes. Como esse exercício sustenta uma área menor do corpo, os músculos precisam realizar menos força.

Você deve se deitar de bruços, assim como uma flexão tradicional, contudo, deve flexionar os joelhos e cruzá-los. Lembre-se de ao executar o exercício, os membros inferiores devem acompanhar o movimento, você não deve mantê-los estáticos.

A flexão (empurrão) na parede também é outra variação bem fácil de realizar, inclusive para quem sofreu uma lesão recentemente e precisa pegar mais leve na academia. 

Para realizá-lo, você deve manter uma distância da parede, para que os braços fiquem totalmente esticados. Mas precisa manter as pernas ligeiramente mais afastadas, para que o corpo fique bem inclinado ao dobrar os braços.

3 tipos de flexões para iniciantes
Se você quer saber como fazer flexão para iniciantes, saiba que há algumas variações da flexão tradicional que vão facilitar a execução do exercício.
A flexão de braços com os joelhos apoiados oferece menos dificuldade para os praticantes. Como esse exercício sustenta uma área menor do corpo, os músculos precisam realizar menos força.
Você deve se deitar de bruços, assim como uma flexão tradicional, contudo, deve flexionar os joelhos e cruzá-los. Lembre-se de ao executar o exercício, os membros inferiores devem acompanhar o movimento, você não deve mantê-los estáticos.
A flexão (empurrão) na parede também é outra variação bem fácil de realizar, inclusive para quem sofreu uma lesão recentemente e precisa pegar mais leve na academia. 
Para realizá-lo, você deve manter uma distância da parede, para que os braços fiquem totalmente esticados. Mas precisa manter as pernas ligeiramente mais afastadas, para que o corpo fique bem inclinado ao dobrar os braços.
Se você sentir que está muito leve, pode realizar a flexão inclinada, com os braços apoiados em uma cadeira ou no braço do sofá. Assim, a gravidade vai ter uma ação maior no seu corpo e você precisará realizar mais esforço.

Se você sentir que está muito leve, pode realizar a flexão inclinada, com os braços apoiados em uma cadeira ou no braço do sofá. Assim, a gravidade vai ter uma ação maior no seu corpo e você precisará realizar mais esforço. 

Leia mais:

5 tipos de flexões avançadas

5 tipos de flexões avançadas
A flexão de braço tradicional oferece um nível de dificuldade intermediário. Você precisa ter força nos músculos para sustentar todo o corpo, manter o abdômen contraído e o tronco reto, tudo ao mesmo tempo. E as pernas também devem estar alinhadas com o quadril.
Se você quer aumentar mais o nível de dificuldade, pode experimentar a flexão de braço batendo palma. Após estender totalmente os braços, bata as palmas no ar e retorne à posição original, sem jogar o corpo no chão. Na subida, você pode dar um pequeno impulso para cima, mas sempre mantendo as costas retas, se você achar melhor.
A flexão de braço com joelho (ou cotovelos) ajuda a fortalecer a região abdominal. Para executá-la, você deve encostar um dos joelhos com o cotovelo do mesmo lado. A cada descida, deve trocar o lado dos joelhos e cotovelos que vão se encostar.

Para trabalhar mais o peitoral, você pode realizar a flexão com braços abertos. Você deve posicionar as mãos bem mais afastadas do que a largura dos ombros, para não utilizar os tríceps.
A flexão de um braço só vai trabalhar os músculos mais intensamente, já que você vai ter menos um ponto de apoio para suportar o peso do corpo. Por isso, você precisa manter as pernas mais afastadas do que o usual, para distribuir melhor o peso e ter mais equilíbrio.
Veja também: 
Treino de ombro

A flexão de braço tradicional oferece um nível de dificuldade intermediário. Você precisa ter força nos músculos para sustentar todo o corpo, manter o abdômen contraído e o tronco reto, tudo ao mesmo tempo. E as pernas também devem estar alinhadas com o quadril.

Se você quer aumentar mais o nível de dificuldade, pode experimentar a flexão de braço batendo palma. Após estender totalmente os braços, bata as palmas no ar e retorne à posição original, sem jogar o corpo no chão. Na subida, você pode dar um pequeno impulso para cima, mas sempre mantendo as costas retas, se você achar melhor.

A flexão de braço com joelho (ou cotovelos) ajuda a fortalecer a região abdominal. Para executá-la, você deve encostar um dos joelhos com o cotovelo do mesmo lado. A cada descida, deve trocar o lado dos joelhos e cotovelos que vão se encostar.

Se você está procurando por um exercício para definir os membros superiores, há alguns tipos de flexões de braços que podem te ajudar, trabalhando todos esses músculos e queimando muitas calorias ao mesmo tempo. O mais interessante desse exercício é que você pode realizá-lo em qualquer lugar e sem o auxílio de acessórios. Quer saber mais como fazer flexão do jeito certo, os tipos de exercícios que você pode fazer e os benefícios? Continue acompanhando este conteúdo! Quais músculos a flexão trabalha? A flexão utiliza as articulações dos ombros, dos cotovelos e dos punhos para realizar os movimentos de subida e descida. E trabalha diferentes grupos musculares de uma única vez, como o peitoral, tríceps, deltoide, lombar e até o core. Por isso, melhora a circulação sanguínea e fortalece o coração, já que ele precisa trabalhar mais para bombear mais sangue. Isso também acelera o metabolismo, o que contribui para o emagrecimento. Flexões de braço: tipos para iniciantes e experientes 3 tipos de flexões para iniciantes Se você quer saber como fazer flexão para iniciantes, saiba que há algumas variações da flexão tradicional que vão facilitar a execução do exercício. A flexão de braços com os joelhos apoiados oferece menos dificuldade para os praticantes. Como esse exercício sustenta uma área menor do corpo, os músculos precisam realizar menos força. Você deve se deitar de bruços, assim como uma flexão tradicional, contudo, deve flexionar os joelhos e cruzá-los. Lembre-se de ao executar o exercício, os membros inferiores devem acompanhar o movimento, você não deve mantê-los estáticos. A flexão (empurrão) na parede também é outra variação bem fácil de realizar, inclusive para quem sofreu uma lesão recentemente e precisa pegar mais leve na academia. Para realizá-lo, você deve manter uma distância da parede, para que os braços fiquem totalmente esticados. Mas precisa manter as pernas ligeiramente mais afastadas, para que o corpo fique bem inclinado ao dobrar os braços. Se você sentir que está muito leve, pode realizar a flexão inclinada, com os braços apoiados em uma cadeira ou no braço do sofá. Assim, a gravidade vai ter uma ação maior no seu corpo e você precisará realizar mais esforço. Leia mais: Treino funcional para iniciantes 5 tipos de flexões avançadas A flexão de braço tradicional oferece um nível de dificuldade intermediário. Você precisa ter força nos músculos para sustentar todo o corpo, manter o abdômen contraído e o tronco reto, tudo ao mesmo tempo. E as pernas também devem estar alinhadas com o quadril. Se você quer aumentar mais o nível de dificuldade, pode experimentar a flexão de braço batendo palma. Após estender totalmente os braços, bata as palmas no ar e retorne à posição original, sem jogar o corpo no chão. Na subida, você pode dar um pequeno impulso para cima, mas sempre mantendo as costas retas, se você achar melhor. A flexão de braço com joelho (ou cotovelos) ajuda a fortalecer a região abdominal. Para executá-la, você deve encostar um dos joelhos com o cotovelo do mesmo lado. A cada descida, deve trocar o lado dos joelhos e cotovelos que vão se encostar. Para trabalhar mais o peitoral, você pode realizar a flexão com braços abertos. Você deve posicionar as mãos bem mais afastadas do que a largura dos ombros, para não utilizar os tríceps. A flexão de um braço só vai trabalhar os músculos mais intensamente, já que você vai ter menos um ponto de apoio para suportar o peso do corpo. Por isso, você precisa manter as pernas mais afastadas do que o usual, para distribuir melhor o peso e ter mais equilíbrio. Veja também: Treino de ombro Como fazer flexão corretamente? Na flexão tradicional, e em outras que a utilizam como posição inicial, você precisa posicionar as mãos um pouco mais afastadas do que a largura dos ombros e manter apenas as pontas dos pés no chão. Ao esticar os braços, você manter o tronco reto, sem empinar o bumbum ou levantar primeiro a parte superior do corpo. Na descida, ao flexionar os cotovelos, continue mantendo o tronco alinhado, para não encostar com a barriga primeiro no chão. Lembre-se de manter o abdômen contraído o tempo todo e a cabeça para baixo. Quantas flexões devo fazer por dia para ganhar massa muscular? Mesmo que seu objetivo não seja a definição muscular ou você não goste desse exercício, esses tipos de flexões de braços podem melhorar seu condicionamento físico e o desempenho em outros exercícios. Principalmente naqueles que exigem força dos membros superiores e do abdômen. Dessa forma, se incluir ao menos um tipo de flexão na sua rotina de treino já conseguirá perceber um bom resultado. Então, se você sente que ainda não tem força para realizar muitos exercícios, pode fazer apenas uma série, com até 12 repetições. Mas se você já realiza algum dos tipos de flexões que citamos, pode incluir mais variações na sua rotina, respeitando o descanso dos grupos musculares. Afinal, para ganhar massa muscular, você precisa respeitar os 4 pilares da hipertrofia: Enfim, para aumentar a intensidade do exercício, você pode aumentar para 4 séries de 20 repetições. Quando você precisar aumentar a dificuldade, também pode diminuir a velocidade das flexões, assim como nas pausas dos movimentos, e do descanso entre as séries. Mas lembre-se que o ideal é que um educador físico aumente a quantidade de séries, repetições ou frequência na semana, para que você não sofra com uma lesão muscular por esforço excessivo. Aqui na Cia Athletica, nossa equipe de profissionais está à disposição dos alunos em todo o horário de funcionamento das unidades, para auxiliar em qualquer dificuldade que tenham e garantir que estejam realizando seu treino corretamente. É por isso que realizam treinos constantemente, para oferecer a você um atendimento seguro e correto. Agora que você aprendeu sobre os diferentes tipos de flexões, que tal agendar uma aula experimental na Cia Athletica, para que nossos profissionais montem o treino ideal para você? Clique aqui e dê o primeiro passo para ter um estilo de vida mais saudável! Inserir formulário definição muscular

Para trabalhar mais o peitoral, você pode realizar a flexão com braços abertos. Você deve posicionar as mãos bem mais afastadas do que a largura dos ombros, para não utilizar os tríceps.

A flexão de um braço só vai trabalhar os músculos mais intensamente, já que você vai ter menos um ponto de apoio para suportar o peso do corpo. Por isso, você precisa manter as pernas mais afastadas do que o usual, para distribuir melhor o peso e ter mais equilíbrio.

Veja também: 

Como fazer flexão corretamente?

Na flexão tradicional, e em outras que a utilizam como posição inicial, você precisa posicionar as mãos um pouco mais afastadas do que a largura dos ombros e manter apenas as pontas dos pés no chão.

Ao esticar os braços, você manter o tronco reto, sem empinar o bumbum ou levantar primeiro a parte superior do corpo. Na descida, ao flexionar os cotovelos, continue mantendo o tronco alinhado, para não encostar com a barriga primeiro no chão. Lembre-se de manter o abdômen contraído o tempo todo e a cabeça para baixo.

Quantas flexões devo fazer por dia para ganhar massa muscular?

Mesmo que seu objetivo não seja a definição muscular ou você não goste desse exercício, esses tipos de flexões de braços podem melhorar seu condicionamento físico e o desempenho em outros exercícios. Principalmente naqueles que exigem força dos membros superiores e do abdômen.

Dessa forma, se incluir ao menos um tipo de flexão na sua rotina de treino já conseguirá perceber um bom resultado. Então, se você sente que ainda não tem força para realizar muitos exercícios, pode fazer apenas uma série, com até 12 repetições.

Mas se você já realiza algum dos tipos de flexões que citamos, pode incluir mais variações na sua rotina, respeitando o descanso dos grupos musculares. Afinal, para ganhar massa muscular, você precisa respeitar os 4 pilares da hipertrofia:

: Pilares da hipertrofia muscular: treino, descanso, alimentação e hidratação

Enfim, para aumentar a intensidade do exercício, você pode aumentar para 4 séries de 20 repetições.

Quando você precisar aumentar a dificuldade, também pode diminuir a velocidade das flexões, assim como nas pausas dos movimentos, e do descanso entre as séries.

Mas lembre-se que o ideal é que um educador físico aumente a quantidade de séries, repetições ou frequência na semana, para que você não sofra com uma lesão muscular por esforço excessivo. 

Aqui na Cia Athletica, nossa equipe de profissionais está à disposição dos alunos em todo o horário de funcionamento das unidades, para auxiliar em qualquer dificuldade que tenham e garantir que estejam realizando seu treino corretamente. É por isso que realizam treinos constantemente, para oferecer a você um atendimento seguro e correto.

Agora que você aprendeu sobre os diferentes tipos de flexões, que tal agendar uma aula experimental na Cia Athletica, para que nossos profissionais montem o treino ideal para você?

Clique aqui e dê o primeiro passo para ter um estilo de vida mais saudável!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome