Artigos Mais Recentes

Muitos exercícios são eficazes na perda de peso, mas você sabia que correr emagrece? E pode emagrecer bastante. Essa é uma das atividades físicas que tem um potencial indiscutível para levar ao emagrecimento. Praticar corrida para emagrecer é um dos benefícios que os apaixonados por essa atividade física encontram para nunca parar de treinar, mas existem outros. Saiba mais neste texto. Por que correr emagrece? Um estudo do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley descobriu que os corredores eram mais magros e leves do que muitas mulheres e homens que faziam quantidades equivalentes de outros tipos de exercícios. Não à toa, quem quer fazer esse tipo de prática física também tem muitas dúvidas, como: “Correr na esteira emagrece?”, “Correr na rua emagrece?” ou “Corrida parada emagrece?” A resposta para todas as perguntas é sim. Mas por que será que correr para emagrecer é tão eficaz? A principal razão é que os praticantes conseguem queimar muitas calorias por minuto quando correm, pois a intensidade é sempre moderada ou elevada.Mesmo a corrida estacionária emagrece também! Outros benefícios da corrida, além de emagrecer Além disso, durante a prática da corrida, há liberação de dopaminas, que promovem não só mais bem-estar como também a redução do apetite e estimulam a queima de gordura. Além disso, esse exercício ajuda a tonificar as coxas e trabalhar a resistência muscular. Para falar a verdade, a corrida emagrece a barriga e o corpo como um todo. Mas não é só. Correr emagrece e também traz benefícios cerebrais como a melhora do aprendizado, da memória e do humor. Isso porque a atividade estimula a conexão entre os neurônios. Além do fato que correr ajuda a emagrecer, outra grande vantagem desse treino é a liberdade que oferece. Para praticar, basta colocar um tênis leve e adequado para absorver impactos e partir para a vida. Ou seja, é uma prática muito acessível. Os especialistas gostam de dizer que as pessoas nasceram para correr, porque essa é uma atividade que faz parte dos exercícios funcionais. Mas o treino de corrida para emagrecer também vai exigir condicionamento físico, portanto, é preciso ganhar gradativamente maior capacidade cardiovascular e respiratória. Qual a melhor forma de correr na esteira para emagrecer? A esteira é um dos equipamentos mais disputados na academia, pois é uma forma simples e eficaz de fazer exercício físico, visto que requer pouca habilidade motora e, portanto, sim, correr na esteira emagrece. Mas não é só ligar a esteira e correr, a atividade física começa com o alongamento e então partimos para a corrida que é feita da seguinte maneira. Comece devagar, caminhando por 5 ou 10 minutos. Não comece correndo em alta intensidade. O metabolismo energético leva alguns minutos para ajustar-se às intensidades maiores de treino, por isso é importante que a intensidade seja gradualmente ajustada. Aumente a velocidade gradativamente. Se você que está começando agora, tente fazer o exercício de forma moderada, intercalando momentos de caminhada para recuperar o fôlego; Não segure na barra de segurança. Mantenha a cabeça erguida e o tronco reto, sempre com o olhar direcionado para frente. Antes de subir na esteira, verifique se ela está desligada. Nunca suba na esteira ligada, isso pode causar acidentes. O mesmo vale ao final do seu exercício - sempre desligue o equipamento antes de descer. Como emagrecer correndo? É certo que correr emagrece e define o corpo, mas emagrecer com corrida pode adicionar alguns reforços para os seus resultados se você observar essas dicas: 1 ) Preste atenção na dieta Correr ajuda a emagrecer sim, mas isso não significa que você deve negligenciar a sua dieta. Para perder peso mais rápido, o ideal é que você produza um déficit calórico. Mesmo que sinta fome após o treino, vai precisar ingerir menos calorias do que de costume e queimar mais com os exercícios. A dica é consumir vegetais e frutas, proteínas, grãos integrais e gorduras saudáveis. E esqueça o junk food! Siga essas dicas também: Coma porções menores; Reduza carboidratos processados (açúcar, farinha, etc) e invista em proteínas magras; Não negligencie a hidratação, mas nem é preciso ingerir isotônicos, apenas água mesmo é suficiente. Até porque esses outros líquidos têm calorias. É bom lembrar que se você pratica um treino de alta intensidade, o corpo vai precisar de mais energia, portanto, o carboidrato é ideal para suprir essa necessidade. A melhor dica para quem quer emagrecer é buscar uma ajuda especializada de nutricionista para elaboração de um cardápio apropriado. 2) Correr todos os dias emagrece? Regularidade é importante Praticar corrida para perder peso todos os dias pode ajudar nos resultados, isso é fato. Os corredores que seguem uma planilha de corrida para emagrecer costumam treinar a maior quantidade de dias possível. Entretanto, isso nem sempre é indicado, pois o corpo precisa de repouso para se recuperar e fica mais predisposto a lesões quando isso não ocorre. Quem está começando pode ir mais devagar e aumentar o ritmo de treinos progressivamente. O melhor é correr 3 vezes por semana. 3) Aposte na alta intensidade da prática Correr é uma maneira muito eficaz de queimar calorias em um tempo curto e se o praticante investir em ritmos intensos intercalados pode ganhar ainda mais resultado no plano de corrida para emagrecer. 4) Faça treinamentos de força Adotar treinamentos de força (musculação) e resistência 2 ou 3 vezes na semana também vai ajudar na perda de peso com os treinos de corrida. Com o aumento da massa magra, o praticante também vai promover um desempenho melhor na corrida. Com músculos fortalecidos, o praticante de corrida também irá evitar lesões durante os treinos. 5) Tenha uma boa noite de sono Na sua planilha de treino de corrida para emagrecer, é importante que você também reserve boas horas de sono. Estudos mostram que quem dorme pouco é mais propenso a ter circunferências abdominais maiores. O interessante é que correr emagrece e ajuda a dormir melhor também, o que reduz problemas de metabolismo e doenças cardiovasculares. Além disso, é nessas horas de descanso que os músculos são construídos pelo organismo. Leia mais sobre: Como perder peso É interessante fazer o monitoramento dos treinos Usar aplicativo para monitorar sua corrida pode ser muito bom para controlar a quantidade de calorias queimadas, o tempo de treinamento, a distância percorrida, entre outros pontos para que você consiga disputar consigo mesmo e ir sempre melhorando. Esses recursos contam com uma série de exercícios, precisando apenas de algumas informações suas como o seu peso e altura, por exemplo. Há vários aplicativos para corrida, alguns deles são: Strava Nike+ Run Club Runstastic RunKeeper MapMyRun Escolha aquele que te agrade mais e não espere uma segunda-feira para iniciar seu plano de corrida para emagrecer. Se ficou interessado nos benefícios da corrida para emagrecer, que tal marcar uma aula experimental na Cia para praticar e ser orientado por profissionais qualificados, que irão conduzir muito melhor aos resultados desejados? Leia mais sobre: Aplicativo para corrida

Correr emagrece: entenda por que esse exercício estimula a perda de peso

Muitos exercícios são eficazes na perda de peso, mas você sabia que correr emagrece? E pode emagrecer bastante. Essa é uma das atividades físicas que tem um potencial indiscutível para levar ao...
A hidroginástica para gestante traz diversos benefícios. Se você não quer parar as atividades físicas durante a gestação, o exercício aquático é uma ótima forma de se manter saudável! Os exercícios de hidroginástica para gestante são as atividades mais indicadas, porque proporcionam pouco impacto (ao contrário da corrida), e não causam desconforto. Então, continue sua leitura para saber tudo sobre os benefícios da hidroginástica para gestantes! O que é melhor para gestante: hidroginástica ou pilates? Muitas dúvidas podem surgir na hora de escolher um tipo de exercício, porque é um período em que as gestantes estão sentindo algum desconforto, mas querem manter sua rotina de atividades físicas sem o risco de causar nenhum tipo de dano ao bebê. Apesar de o pilates em geral ser uma modalidade mais leve do que a musculação, a aula de hidroginástica para gestantes é a mais indicada. Quer saber por quê? Quando estamos imersos na água, nosso corpo recebe a força de empuxo, contrária à força da gravidade. É ela que nos “empurra” para a superfície ao tentar nadar para baixo. Esse empuxo gera uma sensação de ficar mais leve, e de fato diminui o impacto das articulações com o solo da piscina. Os movimentos podem inclusive ser realizados em flutuação, e nessa condição há total ausência de impacto. O efeito massageador proporcionado pela pressão hidrostática melhora a circulação e diminui o edema (inchaço) das pernas. E esse conjunto de condições favoráveis traz muitos benefícios para a gestante e para o bebê! Veja mais: Escola de natação: conheça a metodologia dos campeões Por que praticar hidroginástica na gravidez? Durante a gravidez, a barriga começa a crescer gradativamente, mudando o centro de gravidade do corpo e aumentando o peso. O esforço físico extra e a própria atração da gravidade puxam a barriga para baixo e sobrecarregam os músculos posteriores do corpo. E esse é um dos principais motivos para a dor lombar, quando a curvatura da coluna vertebral é aumentada e se cria fadiga e tensão na musculatura lombar. Dessa forma, a hidroginástica para gestante contribui para a melhora da postura e fortalecimento da musculatura do tronco (coluna e abdômen).As propriedades da água ajudam a reduzir o risco de lesões nas articulações e aliviam a pressão sobre a coluna vertebral e pelve durante os movimentos. Hidroginástica para gestantes: benefícios Há muitos estudos que comprovam que a hidroginástica para gestantes tem efeitos positivos para a mamãe e para o bebê. Um grande benefício da hidroginástica para gestante é que os exercícios fortalecem o assoalho pélvico e o abdome, acelerando a recuperação pós-parto e evitando a incontinência urinária. Mas os benefícios da hidroginástica na gestação não param por aí! Conheça mais alguns deles: Ajuda a reduzir a dor na lombar, porque fortalece a musculatura; Fortalece o coração e aumenta a aptidão física; Melhora a capacidade respiratória, a flexibilidade, a disposição e o sono; Diminui os níveis de estresse e ansiedade, porque libera endorfina; Reduz o risco de desenvolvimento de diabetes gestacional; Melhora a circulação sanguínea e, consequentemente, diminui os inchaços. Bom, mas será que a hidroginástica emagrece também? A resposta é: sim! Ela ajuda a controlar o peso, porque é uma atividade aeróbica e auxilia na queima de calorias. E também auxilia para a perda de peso após o parto. Por tudo isso, é muito importante praticar exercícios de hidroginástica para gestantes! O exercício aquático melhora a saúde em vários aspectos! Cuidados para as grávidas ao fazer hidroginástica A aula de hidroginástica para gestante, assim como outros exercícios fora d’água, deve seguir os mesmos cuidados. Mesmo se exercitando dentro da água, a grávida não pode esquecer da hidratação. Além disso, é preciso ficar bastante atenta para não exceder os próprios limites durante a aula, ainda que a atividade seja de baixo impacto.A intensidade deve ser sempre leve ou moderada, nunca elevada. Se a grávida sentir tontura, indisposição, náuseas, sangramento, falta de ar ou perceber sinais de superaquecimento no corpo deve interromper os exercícios e informar o instrutor, porque esses sintomas podem ser sinais de uma alteração na pressão arterial. Exercícios de hidroginástica: gestante precisa ficar atenta Os exercícios de hidroginástica são mais leves do que outras práticas aeróbicas. São muitas atividades de flutuação, caminhadas em volta da piscina ou corridas no mesmo lugar, e outros treinos para trabalhar braços, pernas e costas, praticados com o corpo totalmente dentro da piscina. Um cuidado importante é a forma de entrar e sair da piscina. A gestante deve subir e descer pela escada, com calma e segurança. De maneira alguma a gestante deve saltar na piscina ou mergulhar (de pé ou de cabeça). Outro cuidado é usar chinelos na área molhada ao redor da piscina, para evitar escorregar e cair. Leia mais: Alongamento: saiba o que essa prática pode fazer pelo seu corpo Hidroginástica para gestantes: contraindicações Nós já falamos dos benefícios, mas será que há contraindicações? A gestante deve consultar um obstetra antes de iniciar qualquer prática física.Ele determinará o melhor momento para o início, ou caso haja alguma situação de risco, poderá contra indicar a atividade física. Grávidas com alguns tipos de problemas de saúde também não podem praticar a hidroginástica, este é o caso daquelas que têm histórico de: - parto prematuro ou abortos espontâneos, - problemas no colo uterino, - placenta prévia, - quadros de pré-eclâmpsia, - cardiopatas - e aquelas que sofrem com problemas pulmonares. Hidroginástica para gestantes em São José dos Campos A Cia Athletica oferece o melhor programa de hidroginástica de São José dos Campos. E o melhor de tudo é que você pode frequentar todos os horários da atividade: às manhãs, de segunda ao sábado, e às tardes e noites, de segunda à sexta. A piscina tem a profundidade ideal para a prática de hidroginástica para gestante. E ainda é coberta, aquecida e equipada com acessórios que tornarão a aula mais segura e eficaz. Então, coloque sua roupa de hidroginástica para gestante e venha fazer uma aula experimental na Cia Athletica mais próxima de você!

Hidroginástica para gestante: conheça os benefícios

A hidroginástica para gestante traz diversos benefícios. Se você não quer parar as atividades físicas durante a gestação, o exercício aquático é uma ótima  forma de se manter saudável! Os exercícios de hidroginástica para gestante...
A dor na lombar (ou lombalgia) é uma das dores mais comuns entre as pessoas de todas as idades. Surge ao se levantar ou inclinar, na parte inferior da coluna. A solução para melhorar esse desconforto é realizar exercícios para fortalecer a lombar. Então, se você sofre com esse problema, continue acompanhando este post para saber como aliviar a dor na lombar! Como aliviar a dor na lombar rápido? Ao realizar exercícios para dor lombar, você fortalece a musculatura do core, que envolve toda a região abdominal e parte de trás do corpo. A prática de atividades físicas, além de trazer bem-estar, por causa da liberação de hormônios de felicidade e prazer, também ajuda a relaxar os músculos no momento posterior ao exercício, ou seja, ajuda a aliviar a dor forte na lombar. Os exercícios para coluna lombar permitem o fortalecimento muscular e a estabilização da região do core. Isso vai evitar e até tratar a dor intensa na lombar. Dor na lombar: o que pode ser? A dor na lombar, ou nas costas, é um problema que atinge homens e mulheres de todos os lugares. Segundo dados de 2021 da Organização Mundial da Saúde, 80% da população vai desenvolver essa condição em algum momento da vida. E não pense que isso acontece apenas com a execução errada de exercícios na academia. Os principais motivos que levam isso a acontecer também incluem má postura, sobrepeso, esforço físico repetitivo no trabalho ou nos afazeres domésticos e perda de massa muscular. A lombalgia geralmente é causada por uma lesão no músculo, mau alinhamento das vértebras ou compressão dos discos intervertebrais. Ela pode se originar de um desequilíbrio entre a força e a flexibilidade das musculaturas anterior e posterior do tronco, que acabam proporcionando também alterações posturais importantes. A dor lombar pode se irradiar para as pernas, com ou sem dormência, isso é conhecido como ciatalgia ou dor no ciático, o nervo envolvido nesta situação. Então, quando a pessoa tem um estilo de vida sedentário, ou tem esses hábitos e condições que citamos acima, tem essa região do corpo enfraquecida, inflexível e rígida. Dependendo da posição e do movimento, o próprio corpo tenta compensar essa força e sobrepeso colocados sobre ele, causando uma lesão no músculo, uma dor na região lombar e até uma hérnia de disco. Por isso, também é comum que mulheres sintam dor na lombar na gravidez, por causa do sobrepeso da barriga que causa um impacto na região posterior, quando a musculatura não está fortalecida. Mas há uma forma muito simples de aliviar esse desconforto ou evitá-lo, que é com a prática de exercícios regulares para a lombar. Qual exercício para fortalecer a lombar? Portanto, para você não ocasionar ainda mais lesões, precisa praticar os exercícios indicados para este problema, como aulas de pilates e alongamento. Se o objetivo for a perda de peso, as melhores opções são os exercícios aquáticos, como a natação e a hidroginástica, pois são alternativas de exercícios com muito pouco ou nenhum impacto sobre as articulações da coluna. Outros tipos de exercícios podem ser inadequados, porque causam mais pressão nos ligamentos e nos discos da coluna vertebral, o que pode piorar a dor. Esse é o caso da corrida e de outras atividades que incluem saltos ou saltitos. No entanto, para quem tem dores muito intensas, é preciso procurar uma orientação médica, para aliar os exercícios para dor na lombar com o uso temporário de relaxantes ou anti-inflamatórios. Dor na lombar: o que fazer? Agora que você já sabe quais são as possíveis causas da dor na lombar e o que deve fazer para evitá-la, vamos te explicar os exercícios para aliviar dor na coluna lombar. Abdominais Enquanto sente dor na lombar direita ou esquerda, evite realizar abdominais completas. Assim sendo, invista nos exercícios para fortalecer a coluna lombar e cervical, como as abdominais parciais que focam nos músculos das costas e da barriga. Para realizá-los é preciso deitar de barriga para cima, com os joelhos dobrados e os pés firmes no chão. Faça os abdominais com as mãos atrás do pescoço ou com os braços cruzados sobre o peito. Levante os ombros do chão devagar em direção aos joelhos, expirando. Elevação de uma perna por vez Quem tem muita dor na lombar pode fazer esse exercício. O que você não pode fazer é a elevação simultânea das pernas. Deite de costas com uma perna esticada e a outra dobrada. Mantenha a região lombar totalmente encostada no chão e levante lentamente a perna esticada por 15 segundos. Depois, retorne a perna ao chão e repita o movimento na outra perna. Alongamento com pernas cruzadas O alongamento é um dos exercícios para quem tem problema na coluna lombar e é bem fácil de fazer. Sente-se em uma cadeira e fique com as costas bem retas, mantendo o olhar reto para frente. Cruze uma perna por cima da outra e incline o tronco para frente, até sentir que houve um alongamento na região dos glúteos. Permaneça assim por 30 segundos e depois alterne as pernas. Alongamento do joelho ao peito Fique deitado de costas com os joelhos dobrados e os pés bem apoiados no chão. Use as duas mãos para puxar um dos joelhos em direção ao peito. Segure por cerca de 5 segundos, com a musculatura abdominal bem contraída. Troque a perna e faça o mesmo movimento. Elevação pélvica Deite com a barriga virada para cima, deixe as mãos apoiadas no chão e os joelhos flexionados. Suba e desça lentamente a pelve, mas sem encostar os glúteos no chão. Faça 10 repetições deste exercício. Extensões traseiras Esse exercício também ajuda a fortalecer a musculatura de quem tem dor na lombar direita ou esquerda. Fique deitado de bruços, com os braços dobrados na altura dos ombros. Vá subindo o tronco lentamente, sem elevar a pelve, apoiando as mãos e deixe os cotovelos no chão, e permaneça assim por alguns segundos. Perna estendida em 3 apoios Para quem tem dor na lombar e nas pernas esse é um ótimo exercício para ajudar a estabilizar a região. Se apoie de quatro no chão, com as mãos e os joelhos bem firmes. Levante e estenda uma perna para trás. Com os músculos da barriga contraídos, mantenha os quadris nivelados. Segure por 5 segundos e troque de perna. Ponte invertida no solo Para quem tem dor na lombar do lado direito ou esquerdo, os exercícios de ponte são excelentes para trabalhar toda a muscular dos glúteos. Esses músculos fortalecidos vão ajudar nos movimentos que exigem a movimentação do quadril e acionam a lombar. Então, fique deitado de costas com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão, na largura dos quadris. Levante o quadril do chão até fazer uma linha reta dos joelhos aos ombros e contraia os glúteos, por alguns segundos. Faça 3 séries desse exercício, repetindo o movimento por 15 vezes em cada. Veja também: Yoga para iniciantes: 10 posições que devem ser praticadas Qual melhor exercício para coluna lombar? A dor na lombar pode ter várias causas, como falamos anteriormente, e isso também interfere na escolha do exercício. Os alongamentos, por exemplo, são os exercícios para hérnia de disco lombar mais indicados. Por outro lado, exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar são as aulas de pilates. Já os exercícios para artrose na coluna lombar envolvem os alongamentos e exercícios de fortalecimento sem carga. Para saber quais exercícios para alongar a lombar e fortalecê-la são os mais indicados para você, consulte um profissional de Educação Física. Quer saber mais? Procure a unidade mais próxima da Companhia Athletica e agende AGORA a sua aula experimental!

Dor na lombar: 10 exercícios para prevenção e tratamento

A dor na lombar (ou lombalgia) é uma das dores mais comuns entre as pessoas de todas as idades. Surge ao se levantar ou inclinar, na parte inferior da coluna. A solução para melhorar esse...
Cada vez mais os brasileiros estão se conscientizando sobre ter uma vida com mais saúde. E para isso, têm buscado a academia para melhorar seu condicionamento físico. Porém, uma dúvida muito comum que pode surgir nesse processo é se devem fazer o treino de cardio antes ou depois da musculação? Então, se você também tem essa dúvida, acompanhe o texto de hoje e descubra qual você deve treinar primeiro, musculação ou cardio! Quando fazer cardio: antes ou depois da musculação? O treino de musculação e o treino cardiovascular são igualmente importantes para quem quer melhorar sua qualidade de vida. Por isso, entender se você deve fazer cardio antes ou depois do treino é fundamental para melhorar o resultado do seu treinamento. Bom, a verdade é que não existe um jeito certo ou errado. Treinar cardio antes ou depois da musculação, ou mesmo em dias alternados, depende dos seus objetivos. “Tudo depende do objetivo do praticante e da fase de treinamento. Se o objetivo é a hipertrofia muscular, é melhor realizar o treino cardio após a musculação para um melhor aproveitamento das fontes energéticas. Mas se o foco é a preparação para as corridas de rua, meia maratona ou maratona, triatlhon, ciclismo etc, o melhor é que o treino aeróbico seja feito em dias alternados ao treino muscular”. Mônica Marques, diretora técnica da Companhia Athletica. Agora, vamos entender melhor como o cardio antes ou depois do treino age fisiologicamente dentro do seu corpo. Fazer cardio antes ou depois do treino de musculação para ganhar massa muscular? O glicogênio (energia) é o combustível dos nossos músculos. Se não houver um estoque suficiente dele, os músculos não conseguem performar como deveriam na musculação, o que ainda pode acarretar em lesões. Já a síntese proteica é essencial para a construção da massa muscular. Ocorre após uma sessão de treinamento, no período de recuperação muscular. Mas, para isso, precisa que o músculo se recupere após fazer grande esforço físico. É por este motivo que deve haver um intervalo entre treinos que trabalham o mesmo grupo muscular. E qual é sua ligação com o treino de cardio? Uma pesquisa recente da Universidade da Califórnia comprovou os benefícios do treino cardiovascular para os praticantes da musculação. Segundo o estudo, o cardio tem a capacidade de acelerar a recuperação muscular, ou seja, auxilia o ganho de massa muscular. Portanto, se o seu objetivo é ganhar massa muscular e definir os músculos, deve realizar o treino de musculação antes dos cardio. Mas, claro, nada te impede de fazer um pouco de cardio antes do treino de musculação para aquecer os músculos. Leia mais sobre: Fortalecimento muscular Quando fazer cardio: antes ou depois do treino para melhorar a resistência? Pessoas que treinam para corridas e outras provas de resistência devem priorizar o treino aeróbico antes do treino de musculação. Afinal, não é necessário poupar o estoque de glicogênio. Além do mais, realizar o treino de cardio antes tem efeitos positivos no sistema cardiorrespiratório, porque melhora a distribuição de oxigênio, e estimula a perda de calorias. Portanto, se você estiver com bastante energia e estiver com a parte cardiorrespiratória em boas condições, terá mais disposição e resistência para atividades de longa duração. Cardio é melhor antes ou depois do treino para emagrecer? Se o seu propósito é emagrecer, você deve realizar o treino de musculação antes do treino de cardio. O cardio depois do treino tem efeitos positivos na queima de gordura. Isso acontece porque há uma liberação de adrenalina e noradrenalina após o treino de musculação. Dessa forma, as células adiposas (que armazenam gordura) liberam seu conteúdo para a corrente sanguínea. Outro fator contribuinte é que depois do treino de musculação, também há uma liberação do hormônio de crescimento. Ele auxilia na queima de gordura e na recuperação muscular. Veja também: Comecei a malhar e engordei Quando fazer cardio: antes ou depois do treino? Ou nenhum dos dois? O que queremos dizer é que você também pode intercalar os treinos de musculação e cardio. O treino HIIT (High Intensity Interval Training), por exemplo, alia exercícios aeróbicos e de resistência, com intervalos curtos para descanso. Promove força e resistência muscular, além da alta queima de gordura. Isso acontece porque o esforço repetido, alta intensidade e velocidade melhoram o sistema cardiovascular e aceleram o metabolismo, que permanece assim pelas próximas 24 horas. Esse treinamento, também chamado de circuito, é ideal para quem busca força e resistência muscular e perda de peso. Agora que você já sabe as respostas se deve cardio antes ou depois da musculação, que tal agendar uma aula em uma de nossas unidades? Venha fazer uma aula experimental com a Cia e dê o próximo passo para ter uma vida mais saudável!

Cardio: Antes ou depois da musculação?

Cada vez mais os brasileiros estão se conscientizando sobre ter uma vida com mais saúde. E para isso, têm buscado a academia para melhorar seu condicionamento físico. Porém, uma dúvida muito comum que pode...
Se você quer saber como definir o corpo, precisa ter uma coisa em mente: não adianta sacrificar sua saúde para ter um corpo sarado. Caso contrário, terá problemas muito maiores do que apenas dificuldade em emagrecer. Por isso, para alcançar a tão sonhada definição do corpo, você deve buscar uma forma segura e saudável. E, claro, ter o acompanhamento de profissionais que possam te ajudar nesse processo. Então, leia o post que preparamos para você e aprenda a perder peso da maneira correta! O que é um corpo definido? Um corpo definido e magro é aquele que tem baixo percentual de gordura, mas que tem um percentual elevado de massa magra. Por isso, a tonificação dos músculos fica mais visível. Assim sendo, uma pessoa magra e definida tem ótimo condicionamento físico, além de força e resistência, por causa da sua alimentação e do seu treino. Um homem magro definido geralmente apresenta um formato de corpo que se assemelha a um “V”. Os ombros ficam largos, fazendo com que a parte superior do corpo seja a maior. Já a mulher magra definida costuma ter a forma de “X”, porque os ombros e o quadril ficam mais largos do que a cintura. Mas não fique preso a estereótipos, cada pessoa tem um biotipo, que resulta em aparências diferentes, mesmo que pratique os mesmos exercícios e faça as mesmas refeições. Leia as dicas abaixo: Veja também: Power abs: treino para secar a barriga 1 - A alimentação é muito importante no processo Se você quer saber como ter o corpo definido, em primeiro lugar, deve ter uma dieta saudável e equilibrada. Essa é uma parte muito importante para a definição dos músculos. Sem ela, todo o trabalho árduo realizado na academia se torna inútil. Ninguém com um corpo magro, definido e saudável consome fast food, refrigerante e outros alimentos calóricos com regularidade em sua dieta. Claro, você não precisa eliminá-los permanentemente das suas refeições, mas precisa ingeri-los com a menor frequência possível. Essa primeira dica para alcançar a barriga trincada está nos alimentos do seu prato. Você deve comer de forma mais saudável e diminuir a ingestão de calorias diárias. Dessa forma, queimará mais calorias do que consome. Isto, aliado ao treino, vai te ajudar a ter uma queima de gordura localizada também. Então, confira abaixo como deve ser uma dieta para definir e ganhar massa magra! Rica em proteínas As proteínas são fundamentais para a construção dos músculos, assim como para sua recuperação após exercitá-los na musculação ou outra atividade física. Além disso, o consumo de proteínas auxilia na regeneração de lesões, reduz a perda muscular e regula a fome. Porém, a quantidade de consumo vai depender da idade e do peso de cada pessoa. Poucos carboidratos processados Se você quer saber como deixar o corpo definido, pode perguntar a qualquer nutricionista e terá a mesma resposta: precisa diminuir o consumo de carboidratos processados e passar a usar prioritariamente os carboidratos de alimentos que venham acompanhados de fibras (legumes, verduras, cascas,cereais integrais, etc). A distribuição das refeições e lanches ao longo do dia também é importante. Mas, é importante que você não faça uma dieta totalmente livre de carboidratos, porque a falta deles pode causar mau hálito, desmaios, dores de cabeça e tremores. Baixo teor de gordura Não é que alimentos gordurosos vão te impedir de ter um corpo magro e definido, porém, é melhor não abusar para não aumentar a camada de gordura do seu corpo. E há alguns motivos para não cortar as gorduras saudáveis da sua dieta! As gorduras: Têm um papel importante para deixar o corpo bem definido; São fontes de energia para nosso organismo; Atuam como uma camada protetora e isolamento térmico para nossos órgãos; Auxiliam na absorção de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K); Prolongam a sensação de saciedade. Sem excessos de açúcares Essa pode ser uma das tarefas mais difíceis. O açúcar refinado faz mal para nosso corpo, porque aumenta a quantidade de gordura no sangue, enfraquece os ossos e atrapalha a digestão de proteínas de vitaminas. Se você quer saber mais sobre como ficar com o corpo definido, continue sua leitura e confira as próximas dicas! 2 - Como deixar o corpo definido na academia? Com uma série de musculação, você pode deixar seu corpo definido ou sarado, essa é a segunda dica. Os exercícios consomem as calorias e atuam na definição muscular. O profissional de musculação geralmente prescreve séries de exercícios com poucas repetições, mas com alta carga de peso e descanso entre as séries. Além disso, você deverá dedicar um pouco do seu tempo na academia para praticar exercícios aeróbicos, entre 3 e 6 horas semanais, porque eles têm um alto gasto calórico, ajudando na queima da gordura corporal, o maior inimigo de quem deseja um corpo definido. 3 - O sono é um grande aliado! A terceira dica é a seguinte: uma boa noite de sono não pode faltar para quem quer conquistar um shape magro e definido. Isso porque é durante o sono que o corpo passa por um processo de reparação de células, que foram destruídas durante o treino, conhecido por anabolismo. Também é neste momento de repouso que o corpo produz o hormônio do crescimento e faz a síntese proteica, que também é outro processo que contribui para a hipertrofia. Enquanto você dorme,, o organismo passa por um processo de reparação das células que foram “destruídas” durante o treino para ter corpo definido, portanto, quanto mais intensa for a rotina de treinos, melhor deve ser a qualidade do sono. Saiba mais sobre treinos para hipertrofia aqui. Quanto tempo para ficar com o corpo definido? Geralmente, leva algum tempo para definir e ganhar massa magra, mesmo se exercitando regularmente e adotando uma dieta equilibrada. A média é de 3 a 6 meses para alcançar um físico definido e magro. Contudo, esse tempo varia de acordo com o seu biotipo, a sua carga genética e se você está ou não com sobrepeso. Mesmo que você esteja se perguntando como ficar definido sendo magro, saiba que uma nutricionista pode te prescrever suplementos e uma dieta mais rica em calorias, proteínas e gorduras boas para te ajudar a ser um magro definido. 4 - Como fazer suplemento caseiro para definir o corpo? Se você quer saber como definir rápido o corpo, saiba que, assim como dito anteriormente,você deve procurar um nutricionista, para te indicar a melhor dieta e o suplemento ideal de vitaminas. Esta é a quarta dica que temos para você. Não faça suplementos em casa, porque não conseguirá identificar qual é a receita mais indicada para suas necessidades. Você pode acabar consumindo nutrientes em excesso ou insuficientes. Leia mais: Treino hiit para derreter gordura Como secar o corpo e definir: mudanças no corpo durante o processo Um efeito imediato do exercício é a maior liberação de endorfina no organismo. Você passa a ter mais disposição, bom humor e músculos mais definidos. No primeiro e no segundo mês, ocorre uma adaptação do corpo às atividades físicas e à alimentação (se for uma mudança muito drástica). É nesse período que as pessoas sentem mais dores musculares e o sistema cardiovascular começa a se adaptar ao esforço físico. Após 3 meses de exercício, você já começa a notar as pequenas mudanças, nas roupas e no espelho também. Por volta de seis meses após o início, se você seguiu todas as orientações de exercício e nutrição os resultados desejados tornam-se bastante evidentes para você e para outras pessoas. Corpo definido: corro o risco de ficar “marombado”? Quando o assunto é emagrecer e definir o corpo, uma preocupação comum dos iniciantes do mundo fitness é se, com o trabalho de hipertrofia, a definição muscular vai deixá-los “grandes demais” ou “marombados”. Se esse for seu caso, não se preocupe! Para se tornar um Arnold Schwarzenegger dos anos 90 é preciso anos de treino intenso e quantidades cavalares de suplementos alimentares. Com o devido treinamento para definição do corpo, os ganhos musculares serão graduais e, obviamente, auxiliarão na definição muscular. Agora que você já sabe o que fazer para ficar com o corpo definido é hora de colocar a mão na massa e começar a se exercitar! Venha treinar na Cia Athletica!

Como definir o corpo: 4 dicas valiosas

Se você quer saber como definir o corpo, precisa ter uma coisa em mente: não adianta sacrificar sua saúde para ter um corpo sarado. Caso contrário,  terá problemas muito maiores do que apenas dificuldade...
Quem não faz parte do universo fitness, dificilmente tem uma ideia sobre o que é core. Mas assim que iniciam as práticas físicas, passam a entender que essa é uma parte fundamental para qualquer pessoa ter boa postura, equilíbrio e prevenir lesões. Então, fique neste post e entenda para que serve o core e como fortalecê-lo! O que é core? Core significa núcleo, ou seja, é o centro do nosso corpo. É uma área que faz a ligação da parte superior com a inferior, sendo composta pelos abdominais superiores, oblíquos (laterais) e musculatura mais profunda, conhecida como abdome transverso, que fica ao redor do tronco e da pelve. Ao todo, são 29 pares de músculos que sustentam completamente a coluna. A importância do fortalecimento do core é que os músculos do core mantêm o alinhamento corporal, geram força e favorecem a base de suporte do corpo. Como fortalecer o músculo do core? Muitas pessoas acreditam que o fortalecimento do core só acontece por meio de um treinamento de abdominais. E apesar de definir o abdome, esse não é o único objetivo dos exercícios de core. Enquanto o treino de abdominais visa basicamente a frente do corpo, os exercícios para fortalecimento do core também têm o foco na parte de trás. Isso porque envolve os músculos da pelve, quadril, abdômen, região lombar, costas e glúteos. Para obter o fortalecimento do core, muitos exercícios vão exigir posições que estimulam a manutenção do equilíbrio e da estabilidade. Leia mais: Power ABS treino para secar a barriga Por que fortalecer o core? Fortalecer o core com atividades físicas adequadas é essencial para proporcionar bem-estar e mais qualidade de vida. Especialmente nesses tempos, em que uma boa parte das pessoas exerce atividades profissionais em que permanece sentada a maior parte do dia. E, na maioria das vezes, permanecem em uma postura inadequada, que pode enfraquecer o core. De acordo com fisioterapeuta Roberto Mattar Cepeda, presidente do COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupa­cional), há muitas posições corriqueiras que realizamos durante o dia que também trazem malefícios, que são tão frequentes que nem percebemos, como: Dirigir com o braço totalmente esticado: a posição pode causar infla­mação dos músculos e dos tendões dos ombros; Sentar em cima da perna: pode levar ao encurtamento da musculatura da coxa e cãibras; Assistir televisão deitado de lado no sofá: deixa a coluna torta por causa da diferença de tamanho entre o braço do sofá, que normalmente serve de apoio, e do pescoço; Ler deitado na cama: permanecer com o queixo para a frente, com o pescoço totalmente inclinado para a frente, força a musculatura da região; Apoiar o celular entre o ombro e a orelha: o pescoço inclinado para o lado e a elevação do ombro também causa um sobre-esforço da musculatura. Então, quando você fortalece esse conjunto de musculatura vai obter benefícios como: Mais equilíbrio e controle do corpo Como o núcleo é um sistema de suporte do corpo, fortalecer o core proporciona um efeito muito positivo no equilíbrio e no controle dos movimentos, seja na prática de atividades físicas, como a musculação, ou nas tarefas cotidianas, como subir e descer escadas. Melhora a postura Quando os músculos do núcleo são bem trabalhados, você passa a ter uma postura mais estável e ereta, seja sentado à mesa ou em pé. Além de beneficiar a parte estética, um core fortalecido evita uma série de problemas físicos. Alguns deles são: dor de cabeça, fadiga, insônia, hérnia de disco, escoliose, lordose, entre outros. Isso acontece porque a má postura causa uma tensão grande nos músculos, que é um efeito do próprio corpo para conseguir se sustentar. Então, com o core fortalecido, você passa a ter uma postura favorável que evita o enfraquecimento da musculatura. Mais potência na musculatura central e periférica O core representa a potência do corpo e, embora muitas pessoas pensem que o maior trabalho no movimento é feito pelas extremidades (pernas e braços), a maioria dos movimentos tem no centro do corpo. Portanto, com o core fortalecido, a potência de força aumenta nos músculos que realizam a sustentação corporal. Menos dores nas costas Dores nas costas podem ser um efeito da má postura, devido a um core fraco. Então, construir a força do núcleo vai ajudar a reduzir essas dores e trazer mais equilíbrio à parte detrás do tronco. Redução dos riscos de lesões Mesmo que as pessoas não tenham noção, quando estão com a musculatura lombar fraca também ficam muito mais sujeitas às lesões. Isso acontece porque não há suporte ou estabilidade do corpo para a realização de alguns tipos de movimentos, como o levantamento de peso. Mas não é só a lombar que poderá ser afetada por um core fraco, pode haver lesões também nos quadris, tornozelos, joelhos e até ombros. Por isso, o fortalecimento muscular pode ajudar na redução e até mesmo na recuperação dessas lesões, devido ao ganho de estabilidade, força e equilíbrio. Mais eficiência nos movimentos Quando a musculatura dessa região está fortalecida, os movimentos para a maioria das atividades físicas também ficam mais fáceis, porque a musculatura abdominal tem papel dominante em todas as direções. Exercícios para fortalecer o core Muitos exercícios são responsáveis pelo fortalecimento do core. O treino funcional e o pilates são algumas das modalidades que você pode optar para fortalecer o core. Mas quais são os exercícios de fortalecimento do core? Existem uma série de exercícios que podem ser combinados para fortalecer o conjunto de músculos do core e dar ao treinamento um caráter mais dinâmico. Entre eles, estão: Pranchas isométricas: trabalhar muito a região do core, porque são exercícios que exigem mais equilíbrio e coordenação; Agachamentos: também fortalecem esses músculos, porém é preciso se atentar a postura adequada no momento do exercício; Abdominais e exercícios para o assoalho pélvico: também vão ajudar no fortalecimento do core; Bolas de pilates: exigem equilíbrio a maior parte do tempo, por isso, também fortalecem a região do core. Tenha certeza, a partir do momento que você começar praticar exercícios, perceberá a importância do core fortalecido no seu dia a dia e para o próprio treino. Venha treinar na Cia e adotar um programa que vai ajudar a ter esse conjunto de músculos esteja sempre bem cuidado.

Core: entenda por que precisa fortalecer esses músculos

Quem não faz parte do universo fitness, dificilmente tem uma ideia do porquê o fortalecimento do core é importante. Mas assim que iniciam as práticas físicas, passam a entender que essa é uma parte...
Se você estava esperando por bons motivos para adotar uma vida fitness, vamos mostrar os benefícios para você dar uma guinada na sua rotina e começar a praticar hábitos mais saudáveis. Depois de ler este artigo, vai aprender como ser uma pessoa fitness e porque deve adotar esse estilo de vida ainda em 2022. O que é vida fitness? Fitness é uma palavra em inglês que significa “estar em boa forma física”, mas isso não é tudo. Quem adota uma vida fitness também conquista benefícios em outras áreas da vida. Ter uma vida fit tem a ver com o cuidado do corpo pela prática de exercícios físicos e com o que uma pessoa fitness come, assim como abandonar maus hábitos, dormir uma boa quantidade de sono por dia e ingerir uma quantidade razoável de água diariamente, de acordo com seu peso. Além disso, quem quer levar uma vida fitness precisa eliminar o consumo excessivo de álcool, cigarros, açúcar e, claro, drogas. O foco das pessoas fitness não é apenas ficar em boa forma, mas sim priorizar a saúde. O mais importante é entender que não é preciso ter uma rotina restritiva. Como ser uma pessoa fitness? A primeira coisa que você deve pensar é na sua meta, onde quer chegar. É só ganhar condicionamento físico? Pretende perder ou manter seu peso? Quer ganhar definição muscular? É claro que um dos principais impulsionadores de uma vida saudável é o exercício físico e, para isso, você pode adotar uma vida fit na academia, por exemplo. De acordo com as novas diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre atividade física e comportamento sedentário, adultos devem praticar no mínimo de 150 a 300 minutos de atividade aeróbica moderada ou vigorosa por semana. E crianças e adolescentes devem se exercitar por cerca de 60 minutos por dia. Há diversas atividades que você pode praticar, como dança, esporte, ginástica, luta, musculação e natação. E dentro delas, ainda há diferentes modalidades. Assim, fica muito mais fácil praticar o exercício que mais te agrada e sentir prazer ao ter uma vida fitness. Algumas pessoas optam até mesmo por práticas integrativas, como yoga ou meditação. E o melhor de tudo é que essas ações, que vão gerar bem-estar físico e mental, não têm limite de idade. Se quiser, pode começar agora para perceber os benefícios. Outro ponto interessante é que a interação na vida social é uma das vantagens de ser fitness. Isso porque você passa a frequentar e adotar hábitos de uma comunidade que quer o mesmo que você. O que pessoas fitness comem? Calma, você não precisa restringir sua dieta a batata doce, frango e ovos. O cardápio de uma pessoa fitness envolve comer frutas, legumes e verduras, assim como um pouco de carboidrato e gordura boa. O ideal é que você vá até um nutricionista para te indicar como deve montar seu prato, com base na sua meta. Após adotar uma alimentação equilibrada, vai perceber que terá muito mais disposição ao longo do seu dia. Leia também: Como acabar com a celulite Agora que já viu o que deve fazer para adotar uma vida fitness, conheça os benefícios que as pessoas fitness têm no seu dia a dia: 1. Mais saúde Os exercícios promovem benefícios para várias partes do corpo, a começar pelo condicionamento físico, que já melhora a capacidade cardíaca e respiratória, além de melhorar a resistência, força, flexibilidade, postura, entre outras coisas. Além disso, problemas cardíacos e vasculares e doenças como diabetes tipo 2 e hipertensão têm menos chances de aparecer em pessoas fitness. Isso porque as atividades físicas estimulam a circulação sanguínea, impedindo a obstrução dos vasos, e a dieta saudável contém os nutrientes necessários para o funcionamento do corpo. 2. Controle do peso Controlar o peso não significa necessariamente perder peso, mas sim alcançar o objetivo que você estabeleceu ao praticar hábitos mais saudáveis. Se você pretende emagrecer, a prática de exercícios e uma dieta fitness vão te ajudar a queimar uma quantidade maior de calorias. Mas se pretende ganhar massa magra, elas também podem te ajudar a construir e fortalecer seus músculos. Além disso, a redução do peso também pode evitar o aparecimento de diversas doenças. Veja também: Comecei a malhar e engordei 3. Diminuição do risco de infecções Quando você pratica exercícios e adota uma dieta livre de gorduras ruins, o nível dos nutrientes vai aumentar, e assim, também os seus antioxidantes. Com isso, o seu risco de ter alguma infecção será menor. 4. Alívio do estresse A prática de exercícios físicos, seja qual for, também tem impacto positivo na saúde mental. Ela não só atua no relaxamento da tensão muscular, como também auxilia na produção de um dos hormônios da felicidade, a endorfina. 5. Mais energia Adotar uma rotina de exercícios, investir em boa alimentação e sono regrado, vão proporcionar mais energia ao corpo para você realizar as tarefas que precisa ao longo do dia. A combinação de hábitos libera hormônios e substâncias químicas que são boas para o funcionamento dos órgãos e para a melhora da condição cardiorrespiratória e muscular, que é uma das causas do aumento da disposição, da resistência e da força. 6. Conhecer mais pessoas e ter inspiração Quando você está focado em um objetivo é muito bom saber que outras pessoas estão juntas com você, para que possa se inspirar e dar exemplo. Além disso, pode criar conexões que podem se estender a outros ambientes. Praticar exercícios em grupo também acaba dando uma força a mais para cumprir o seu propósito e estimulá-lo a obter melhores resultados. 7. Aumento da autoestima e autoconfiança Ao cuidar melhor da saúde de todo o seu corpo, você passa a ter uma melhora física e, consequentemente, na forma que se enxerga. Além disso, quando perceber que atingiu suas primeiras conquistas, terá sua autoestima elevada, porque vai perceber que é capaz de atingir suas metas. Com isso, sua autoconfiança também vai crescer e você vai se sentir seguro ao praticar novos exercícios. 8. Manutenção do cérebro O estímulo da circulação sanguínea também tem impacto positivo no cérebro, já que o aumento do fluxo melhora a memória, a concentração e a capacidade de reparação celular cerebral. 9. Melhora no sono As pessoas fitness precisam de uma boa noite de sono para terem um estilo de vida mais saudável. Mas ter uma vida fitness também melhora a qualidade do sono, o que pode até causar a reversão de alguns quadros de insônia. Como começar a vida fitness? Se você quer saber como começar um projeto fitness vamos dar algumas dicas fitness: Defina qual é o seu objetivo; Escolha a atividade física que combinar melhor com os seus objetivos; Coloque a atividade física na sua rotina e pratique com a regularidade necessária; Compre um bom tênis que vai impulsionar seus exercícios e ajudar a absorver impactos; Faça exames médicos para saber como anda o seu condicionamento físico; Faça uma reeducação alimentar; Deixe as tentações de lado e livre-se de alimentos que podem prejudicar a sua alimentação fitness. Então, entendeu como vale começar a investir em uma vida fitness? Se quer começar, escolha uma aula e agende um treino experimental na Cia.

Vida fitness: 9 motivos para começar esse lifestyle

Se você estava esperando por bons motivos para adotar uma vida fitness, vamos mostrar os benefícios para você dar uma guinada na sua rotina e começar a praticar hábitos mais saudáveis. Depois de ler este...

Como engrossar as pernas: 4 treinos sensacionais

Com o treino adequado e uma dieta balanceada, é possível atingir o objetivo das pernas grossas! Se você quer saber como engrossar as pernas,...
Uma boa parte das pessoas que praticam essa atividade física chegam no box com uma pergunta em mente: crossfit emagrece? A resposta é sim, entre os inúmeros benefícios do crossfit, a perda de peso é um deles. Conheça mais sobre essa atividade física nesse post. Quanto tempo demora para emagrecer com crossfit? O primeiro ponto para entender por que crossfit emagrece é a constituição dos exercícios dessa atividade física que reúne uma grande variedade de treinos de força, atividades aeróbicas e anaeróbicas e o exercício intervalado de alta intensidade no WOD ( Workout of the day), que é o treino do dia. Essa combinação com exercícios funcionais vai resultar em uma grande queima de gordura durante os exercícios, inclusive, para quem está com sobrepeso ou já com obesidade. E o melhor: pode ser praticado por qualquer pessoa. Mas vale lembrar que buscar uma avaliação médica antes de começar a se exercitar é sempre mais prudente, já que a modalidade é bastante intensa. Os exercícios de crossfit para emagrecer envolvem saltar, pular, empurrar pneus, pular corda, flexão de braços, realizar exercícios com peso e pesos olímpicos, agachamentos, abdominais, etc. São movimentos cíclicos, ginásticos e de levantamento de peso, realizados em circuito. Em quanto tempo a pessoa emagrece fazendo crossfit? Segundo um estudo publicado na publicação norte-americana The Journal of Strenght and Conditioning Research, o crossfit é um caminho muito certo para a perda de peso. De acordo com a publicação, em 10 semanas, os praticantes podem diminuir uma média de 15,5% de gordura corporal. Então, se a sua dúvida era: quanto tempo demora para emagrecer com crossfit? Temos aí um parâmetro de avaliação. Já uma outra publicação especializada norte-americana, a revista “Fisiologia Aplicada, Nutrição e Metabolismo'' constatou que a queima calórica chega a ser de aproximadamente 2.700 calorias por semana, quando o praticante realiza um total de 5 horas e 15 minutos de treino semanalmente. Leia mais: Core O que é crossfit? Crossfit 3 vezes por semana emagrece? Como os exercícios são bastante intensos, a dica para quem está começando é iniciar com treinos duas vezes na semana e aumentar gradativamente a partir da terceira semana, quando os treinos de crossfit para emagrecer poderão ser por 3 vezes na semana. Para os praticantes avançados, esse treino poderá ser até cinco vezes na semana. Mas, para perder peso, muitas vezes, será necessário reduzir a carga, encurtar ou reduzir o número de treinos semanais e combinar outros exercícios ao longo da semana, como corridas ou ciclismo. O instrutor vai indicar o melhor número de dias de treino de acordo com o objetivo de cada praticante. Mas para que serve o crossfit além de emagrecer? Conheça outros benefícios do crossfit: O praticante ganha mais resistência cardiovascular; O crossfitter vai ter aumento da resistência física; O praticante ganha mais definição muscular; Quem faz crossfit consegue reduzir o estresse; O atleta ganha metabolismo mais ativo. Crossfit emagrece, mas cuidado com a nutrição Toda essa queima de gordura e queima calórica que são proporcionadas nesses exercícios para emagrecer não irão resolver muito se o praticante de crossfit não cuidar da sua alimentação. Então, como emagrecer com crossfit? Vale lembrar que o estilo de vida que o crossfit estimula também traz a adoção de uma dieta balanceada. E é certo que o crossfit ajuda a emagrecer, mas as pessoas que não têm esse cuidado com a dieta podem não ver diferença na diminuição do seu peso, isso porque quando a pessoa pratica regularmente o crossfit, os exercícios podem fazer aumentar o apetite. Então, se não há um plano nutricional adequado, embora a pessoa possa até perceber uma pequena mudança na gordura corporal, o resultado para a perda de peso pode ficar abaixo do esperado. Se o praticante quer cuidar desse aspecto para fazer crossfit para emagrecer, o aconselhamento nutricional que está indicado no site oficial da modalidade é um plano de nutrição conhecido como 40-30-30 (40% de carboidratos, 30% de gordura, 30% de proteína). A recomendação da Cia Athletica é sempre buscar um nutricionista de confiança para elaborar uma dieta se você faz crossfit e quer emagrecer. Então, entenda que se você quer saber se crossfit emagrece em um mês ou crossfit emagrece rápido, a resposta vai depender também do esforço do praticante, tanto para treinar nos dias indicados quanto para se alimentar melhor. O que é crossfit? O crossfit é um treinamento de alta intensidade criado na década de 1980, nos Estados Unidos, pelo treinador Greg Glassmann. Por ser um método completo, é utilizado em academias de polícia, unidades de operações especiais do exército americano, por campeões de artes marciais e atletas de elite. O crossfit ajuda a melhorar a resistência cardiorrespiratória, condicionamento físico, resistência muscular, ganho de massa, força e flexibilidade de quem o pratica. Por isso, é muito procurado nas academias por quem tem o objetivo de emagrecer. É importante que seja praticado utilizando um grip crossfit, que é uma espécie de luva para proteger as mãos, evitando que surjam calos ou machucados. Esse exercício é composto de três fases: aquecimento, técnica e WOD (workout of the day). O WOD Crossfit consiste no treino do dia, ou seja, quais exercícios serão realizados. Cada WOD é composto por exercícios diferentes, que trabalham diferentes músculos e partes do corpo. Veja alguns exemplos abaixo: Clean O clean crossfit é um exercício feito com uma barra. O atleta deve pegá-la, levantar até a altura dos ombros e agachar. Depois de se levantar, ainda segurando a barra na altura dos ombros, deve descê-la até o meio do corpo e soltá-la no chão. Cluster Nesse exercício, o atleta deve levar a barra até a altura do ombro e, em seguida, levantá-la acima da cabeça. Depois deve descê-la até o meio do corpo e encostá-la no chão. HSPU O HSPU ou handstand push-up é um exercício no qual a pessoa deve ficar de cabeça para baixo, apoiada nas mãos e com o corpo encostado em uma parede. Assim como na flexão, deve descer o corpo e subir com a força dos braços. OHS O OHS ou overhead squat consiste em fazer agachamentos enquanto segura a barra acima da cabeça. Sit up Esse exercício é realizado no chão. O atleta deve se sentar com as palmas dos pés encostadas. Então deve descer e encostar as costas no chão, subindo em seguida e encostando as mãos nos pés. Thruster O Thruster é mais um exercício realizado com a barra. Deve ser iniciado segurando a barra na altura dos ombros e fazer um agachamento. Ao subir, deve-se levantar a barra acima da cabeça. Para quem é indicado o crossfit? O crossfit é indicado para todas as idades, mas com ressalvas. O que irá determinar se uma pessoa pode ou não praticar o crossfit não é a idade, mas o seu histórico. Por isso, quem tiver interesse em praticar essa modalidade, deve procurar um médico e passar por uma avaliação médica, para que ele libere a prática. Conheça o CrossCia A Cia Athletica oferece aulas de CrossCia, uma opção divertida para quem busca emagrecer. A aula de CrossCia trabalha exercícios funcionais, com base no levantamento de peso olímpico e ginástica olímpica em alta intensidade, com constantes variações. O levantamento de peso olímpico, também conhecido como LPO, utiliza uma barra onde são colocados pesos em cada lado. É feito em dois exercícios: Arranque: quem está praticando o exercício precisa levantar a barra acima da cabeça e agachar. Ao final do tempo determinado, ele deve soltá-la no chão; Arremesso: esse modo é dividido em duas partes. Primeiro, é preciso levantar a barra até a altura dos ombros e depois acima da cabeça. Após o tempo determinado, deve soltá-la. Essa modalidade ajuda no ganho de força e massa muscular, além de promover mais flexibilidade, mobilidade e potência para o atleta. Durante o treino, o gasto calórico é grande, porque utiliza muitos grupos musculares. Após o exercício, o corpo continua gastando calorias para se recuperar do esforço. Por isso, é um ótimo aliado para quem procura emagrecer. Já a ginástica olímpica utilizada durante as aulas de CrossCia é realizada utilizando argolas, cordas, barras fixas e paralelas. Os exercícios podem ser variados como escalar corda, utilizar a barra para subir o corpo com a força dos braços, utilizar as argolas para subir e descer o corpo apoiando-se apenas nos braços. Também são feitos agachamentos e outros exercícios de ginástica. Essa técnica trabalha vários músculos do corpo e promove um alto gasto calórico. # Fique atento É interessante também saber que, muitas vezes, o resultado da balança pode ser um tanto enigmático. Você treina e treina, e parece que seu peso não fica menor. A explicação também pode ser porque o músculo é mais denso que a gordura. Então, na verdade, o praticante estará sim perdendo gordura, e ao mesmo tempo construindo músculos, ou seja, emagrecer e ganhar peso ao mesmo tempo (são coisas diferentes!). Após terminar os exercícios, o organismo continuará em ação e haverá uma reconstrução muscular que pode durar entre 12 e 24 horas. Para quem fizer tudo direitinho e quiser comprovar se o crossfit emagrece, fazer fotos do tipo “antes e depois” na frente do espelho pode ser uma boa forma de comprovar. A visão pode ser muito satisfatória! Outras dúvidas sobre emagrecer com crossfit O que é melhor para emagrecer: academia ou crossfit? Se a sua dúvida é: academia ou crossfit para emagrecer? As duas opções são eficazes para perda de peso. Crossfit emagrece e define e, além disso, também melhora aptidões físicas como flexibilidade, agilidade, potência, velocidade e coordenação. Porém, se você pretende ganhar massa muscular em maior quantidade, o treino de musculação da academia será mais adequado. O que emagrece mais crossfit ou muay thai? O muay thai é um treino de luta que envolve uma parte de preparação física e depois é praticada uma combinação de golpes como joelhadas, socos e chutes. É possível perder até 400 calorias em uma hora dessa prática física. Já os treinos de crossfit para emagrecer são em um circuito de cerca de 1 hora, trabalhando todos os grupos musculares e praticando também exercícios aeróbicos. Em uma aula é possível perder até 800 calorias. Quer conhecer mais exercícios para emagrecer? Marque uma visita à Cia para conhecer todas as modalidades que oferecemos!

Crossfit emagrece: saiba por que é verdade

Uma boa parte das pessoas que praticam essa atividade física chegam no box com uma pergunta em mente: crossfit emagrece? A resposta é sim,...
O seu filho não precisa ir com frequência à praia, piscinas ou rios para você começar a pensar em matriculá-lo em uma aula de natação infantil, não é mesmo? Aprender o básico da natação é, na grande maioria das vezes, uma segurança extra para toda criança. E quando o assunto é segurança e natação infantil, você pode confiar na Cia Athletica. Com profissionais extremamente qualificados e uma metodologia de ensino inovadora, a natação na Cia é a escolha certa se você deseja que seu filho aprenda a nadar da melhor maneira possível! Leia e saiba tudo sobre as aulas de natação infantil da Companhia Athletica! Antes de tudo, saiba por que seu filho deve fazer aulas de natação infantil! Caso você não saiba, há uma série de motivos pelos quais o seu filho deve aprender a nadar. Os principais benefícios estão ligados ao desenvolvimento do condicionamento físico, assim como o ganho de força, equilíbrio e agilidade, habilidades essenciais para a vida da criança. Além disso, os exercícios das aulas de natação infantil aqui da Cia Athletica promovem um elevado gasto energético, o que é excelente para ajudar no sono do seu filho, além de combater a obesidade. A partir de qual idade pode começar a fazer aula de natação para crianças? Muitas pessoas se enganam ao dizer que a aula natação infantil é exclusiva para crianças maiores. Seguindo as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria, que diz que a partir dos seis meses de idade a natação já pode ser acrescentada à rotina do pequeno, a Cia Athletica oferece, inclusive, aulas de natação para bebês. Nos bebês a natação proporciona a melhora do apetite, da qualidade do sono, da ativação da circulação sanguínea e inúmeros outros benefícios. Essa atividade também é realizada em conjunto com os responsáveis, o que também ajuda a estreitar o relacionamento entre eles e o pequeno. Como funciona a aula de natação infantil na Cia Athletica? A Companhia Athletica oferece uma escola de natação infantil que se preocupa em respeitar o tempo do aluno, portanto cada aula é direcionada para a idade e nível de habilidades de cada turma. Tudo com o acompanhamento de profissionais da mais alta qualidade e formação, que trabalharão para transformar a teoria em prática de forma divertida e rápida. Além disso, a nossa estrutura é preparada, contando com piscinas aquecidas, para tornar a experiência do seu filho a melhor possível! Nossas aulas são idealizadas com base na Metodologia Gustavo Borges Um dos maiores diferenciais da Cia Athletica é que trabalhamos com base na metodologia Gustavo Borges de ensino, tanto na natação infantil quanto na natação para bebês. Segundo o medalhista olímpico, os valores ensinados no esporte, como a disciplina, dedicação, respeito e companheirismo, devem ser inseridos na rotina de qualquer cidadão. Portanto, a nossa academia se preocupa em educar todos os alunos e fazer com que eles entendam que tudo que é ensinado em nossas aulas pode ser aplicado em casa, na escola, no clube e em qualquer outro lugar! Além dessa parte mais humanizada, essa metodologia também trabalha em diferentes níveis, com o objetivo de motivar os alunos a desenvolver cada vez mais os seus conhecimentos no esporte. Para isso, separamos as crianças em níveis progressivos. Confira: Natação para bebês 1 e 2 Nesses dois níveis, os bebês são indicados pela touca de cor branca, sendo ensinados sobre: ambientação e adaptação ao meio, socialização, equilíbrio, controle de respiração, mergulho e muito mais! Natação para bebês 3 Durante o terceiro nível para bebês, o pequeno utiliza uma touca amarela e continua aperfeiçoando o que foi aprendido nos níveis anteriores, além de aprender giros e deslocamentos, até que chegue aos três anos e possa, de fato, aprender as técnicas da natação. Os bebês do nível 3 utilizam argolas e bolas para executar os movimentos. Ao atingirem a idade necessária, as crianças são indicadas para novas fases, onde começam a aprender, de fato, as técnicas da natação. Confira: Adaptação Na adaptação, as crianças que não são habituadas com piscinas passam por um período de ambientação ao meio, além de aprenderem outras técnicas básicas, como controle da respiração e da flutuação, por exemplo. Nesse nível, os pequenos utilizam a touca cor laranja. Iniciação Depois que as crianças já estão adaptadas, iniciam o processo de iniciação, usando a touca de cor vermelha. Neste período ocorre a caracterização dos nados crawl e costas. Aperfeiçoamento 1 As crianças e jovens desse nível são indicadas pela cor de touca verde. No primeiro aperfeiçoamento, os nadadores começam a aprender as técnicas dos nados crawl, costas, nado peito, borboleta e o salto de ponta com a ajuda de flutuadores. Aperfeiçoamento 2 Indicados pela touca de cor azul claro, os alunos do segundo nível de aperfeiçoamento desenvolvem o aprimoramento das técnicas citadas acima, passando a treiná-las com uma maior intensidade. É nessa fase que as crianças começam a desenvolver o condicionamento aeróbico e aprendem a nadar metragens mais longas. Nesse nível, os nadadores também aprendem a usar o pé de pato. Aperfeiçoamento 3 Nesse nível, as crianças são indicadas pela touca azul escuro e as aulas são direcionadas para proporcionar o condicionamento das variáveis fisiológicas e motivacionais. No terceiro aprimoramento, os pequenos são incentivados a começar a praticar de forma competitiva. Equipe Após aprenderem todas as técnicas descritas anteriormente, os alunos são convidados a participar da equipe, onde aprendem técnicas e estratégias para aumentar a intensidade dos nados e realizar baterias em um tempo reduzido. Nesse nível, as crianças são indicadas pela touca cor de ouro e participam de competições infantis. E ai, gostou de como trabalhamos aqui na Cia Athletica? Traga o seu filho para conhecer as nossas aulas! Agende agora mesmo uma aula experimental.

Aula de natação infantil: venha praticar na melhor academia!

O seu filho não precisa ir com frequência à praia, piscinas ou frequentar locais que tenham rios para você começar a pensar em matriculá-lo em uma aula de natação infantil, não é...